CARNAVAL 2018: Governador Valadares já no clima de folia

caranaval-2018

A temporada de pré-carnaval começa no próximo sábado, dia 20, pelo Carnabretas no bairro Vila Bretas; no domingo, dia 21, é a vez do Carnaperóla, no Jardim Pérola; no sábado seguinte dia 27, acontece o Carnapina, no bairro Carapina.

Já o Trupico do Lalá acontece no dia 3 de fevereiro, seguido do Carnatrevo que vai acontecer no dia 10 de fevereiro. Desde a ultima sexta-feira (12), os foliões do bloco Trupico do lalá tem um encontro marcado na Praça Julio Soares na Ilha dos Araújos. Depois de muitos ensaios, é nela que acontecem os esquentas nos dias 16,26 e 29 de janeiro.

Para evitar acidentes, a Cemig recomenda que os foliões evitem atirar serpentinas e confetes próximo à rede elétrica. Segundo o engenheiro Demétrio Aguiar, da Cemig, as serpentinas e confetes geralmente contêm metal em sua composição e podem causar curto-circuito. “Quando arremessados, antes de se dispersarem, eles estão concentrados, e podem causar danos nas redes de alta tensão e provocar acidentes”, ressalta.

O engenheiro explica, ainda, que é preciso atenção especial com relação à altura de carros alegóricos e trios elétricos. De acordo com ele, nesse caso, deve-se levar em conta, também, a altura das pessoas que estarão sobre os veículos, respeitando-se a distância mínima de 1,5 metro. “Os palanques devem ter sua altura calculada para não se aproximarem da rede elétrica. A montagem e a desmontagem dessas estruturas devem ser feitas com cuidado para que nenhum material se aproxime dos fios da rede durante a sua movimentação”, afirma.

Em caso de acidente com a rede elétrica, as solicitações de atendimento podem ser feitas pelo Fale com a Cemig, no telefone 116. A central de atendimento funciona 24 horas e a ligação é gratuita. A população também pode acionar o Corpo de Bombeiros ou a Polícia Militar, que terão um canal de comunicação direta com a Cemig durante o carnaval. O telefone dos Bombeiros é 193 e o da PM é 190. A ligação também é gratuita.

Confira as recomendações

Iluminação, enfeites e alegorias:

  • Não lançar artefatos – como serpentinas, confetes, entre outros, na rede elétrica, sejam metálicos ou não;
  • Antes de fazer qualquer ligação elétrica ou de instalar enfeites e alegorias, consultar a Cemig;
  • Não instalar nenhum enfeite próximo à rede elétrica;
  • Não fazer ligações clandestinas (gatos);
  • Não jogar líquidos, sprays e água na rede elétrica. Há risco de choque elétrico.

Trios elétricos e carros alegóricos:

  • Não trafegar sob a rede elétrica energizada, pois a altura desses veículos poderá ser maior que a dos fios elétricos;
  • Observar a existência da rede elétrica e tomar cuidado para não tocá-la;
  • Considerar a altura do veículo e das pessoas sobre ele em relação à fiação da rede elétrica e demais obstáculos.

Palanques para apresentação de shows

  • A montagem e a desmontagem devem considerar a existência das redes elétricas aéreas e, em caso de escavação, subterrâneas;
  • A fixação das coberturas deve ser bem feita para evitar o desprendimento e possível projeção contra a rede elétrica.

 

Fonte: Diário do Rio Doce e Estado de Minas

Foto: Reprodução/Internet

Departamento de Jornalismo – Rádio Mundo Melhor