MP se posiciona contra habeas corpus de motorista que matou duas pessoas em acidente em Valadares

acidente_valadares

O Ministério Público se posicionou, nessa sexta-feira (5), contra a decisão do Tribunal de Justiça que concedeu habeas corpus para a motorista que matou duas mulheres em um acidente em Governador Valadares, em março deste ano. O órgão ressaltou que os argumentos utilizados pela desembargadora responsável pela soltura da ré não encontram amparo legal.

A motorista foi presa preventivamente após uma audiência de custódia um dia depois do acidente; ela dirigia uma caminhonete e bateu em duas motos em um viaduto no Conjunto Sir. Na época, a Polícia Civil informou que a motorista apresentava sinais de que tinha feito uso de algum tipo de droga ou medicamento que comprometeu as habilidades de direção.

O habeas corpus foi concedido pelo Tribunal de Justiça na última quarta-feira (3). De acordo com a análise da desembargadora no despacho não há motivos da prisão preventiva. “Uma vez que a paciente entregou em juízo seu passaporte, e as perícias realizadas não detectaram, à primeira vista, que ela fez uso de alguma substância alcoólica, ou de fármacos e drogas de abuso, fundamentos estes utilizados para a conversão da prisão em flagrante em prisão preventiva”.

A definição de acolher o pedido de habeas corpus partiu de uma das desembargadoras de forma monocrática, mas ainda cabe pleito. O Ministério Público aguarda a decisão dos outros dois desembargadores.

Entenda o caso

O acidente foi registrado em um viaduto no Conjunto Sir em março deste ano. De acordo com a Polícia Militar, a motorista estava em alta velocidade, perdeu o controle, invadiu a contramão e atingiu duas motocicletas.

Adriana Santos Fernandes, de 42 anos, estava na garupa de uma das motos e sofreu múltiplas fraturas; ela chegou a ser socorrida e morreu no hospital. O condutor ficou gravemente ferido.

A piloto da outra moto, de 26 anos, morreu no local do acidente. Segundo a PM, Letícia Gonçalves dos Santos Lacorti, foi atingida pela caminhonete e ficou prensada entre o veículo e a mureta de proteção.

Fonte: G1 Vales

Foto: Reprodução/Internet

Departamento de Jornalismo – Rádio Mundo Melhor



WP Facebook Auto Publish Powered By : XYZScripts.com